sábado, 11 de abril de 2009

SITIO DA JUNTA DA FREGUESIA



É bom saber que a Junta da Freguesia de Frechas já tem o seu sitio na net, mas é mau sabê-lo por terceiros!!!


Fica aqui o link

03-2012 - O sítio da JFF não se encontra online

6 comentários:

afasoft disse...

Caro e desconhecido amigo

Conheço e tenho grande admiração pelo seu blog, que mantém muito actualizado apesar de estar bem longe, prova inequívoca do grande amor que tem pela sua terra.

Só agora vi o seu remoque de 11 de Abril a propósito do site da Junta e deixe-me dizer-lhe com a maior honestidade que enfiei a carapuça, mas só em parte... A responsabilidade por pôr o site no ar foi minha, mas não me senti na obrigação de informar quem quer que fosse, muito menos alguém que, embora apaixonado pela terra, como eu, nem sequer é do meu conhecimento pessoal. Aliás, deixe-me aproveitar para fazer um reparo ao seu blog: não vi porque não está lá ou então está muito escondido, o nome do autor daquele belo trabalho e se agora o conheço é porque veio a talhe de foice, em conversa com o seu pai, pessoa que também muito aprecio.

Voltando à questão do conhecimento sobre o site, quero só acrescentar a minha opinião de que o meu amigo não tem de sentir-se muito frustrado... Afinal, os "terceiros" que o informaram são seguramente daqui também, pelo que fica tudo em família.

Espero que me considere na sua lista de amigos e que possamos beber um copo na sua próxima visita a Frechas.

Com os meus cumprimentos,
António Amorim

Guedesnet disse...

Caro António Amorim, também não o conheço a si, nem ao seu trabalho, apenas vi em tempos uma foto tirada por si com uma vista sobre Frechas do seu sitio, tendo na altura perguntado ao meu Pai quem o Sr. era.
Quanto ao site, não sabia que era da sua responsabilidade, coloca-lo on line, apenas me senti magoado, porque há algum tempo atrás o sr. Presidente da Junta me disse que estavam a pensar fazer o site da Junta, mas que na altura me diria alguma coisa, caso eu estivesse disponivel ou enteressado para uma eventual ajuda.
Nem o Sr. nem o Sr. Presidente da Junta fazem ideia da quantidade de pessoas oriundas de Frechas e seus descendentes, a viver no Brasil, nos EUA, França, Suiça, e mesmo em Portugal, neste ultimos três anos me têm contactado e ficaram admiradas por encontrar um blog da sua terra, onde podiam ver fotografias e algumas noticias sobre a mesma. É gratificante, quando a minha ideia inicial era a de abrir um motor de pesquisa(google), escrever a palavra frechas e aparecer algo, e consegui!
Quando há poucos dias e por acaso efectuava uma pesquisa no google, das muitas que faço, descobri sem querer o site da Junta, ao mesmo tempo fiquei algo triste por não me terem dito nada, de certeza que a minha ajuda passaria pela divulgação dele aqui no meu blog, e ao mesmo tempo também fiquei contente, pois é um sinal de modernidade.
Quanto ao nome do autor do meu blog, de inicio e já lá vão quase três anos, tinha até uma foto minha, mas há algum tempo atrás este bolg conta também com a colaboração do meu amigo Anibal Gonçalves, professor em Vila Flor e autor de vários bolgs, cujos links se encontram neste blog, só por essa razão é que não consta o nome do autor.
Mas não fique chateado que eu também não!!!
saudações

afasoft disse...

Amigo Tozé Guedes

Agradeço a sua resposta e escrevo agora apenas para lhe comunicar que o seu belo blog não tem passado assim tão despercebido... Afinal, ele é procurado e apreciado sobretudo por quem não está em Frechas, o que nem é assim tão estranho - quem ali mora não precisa, naturalmente, que lhe mostrem as imagens e as notícias que fazem o dia a dia... Eu próprio tenho, como já deve ter visto, um site com fotos de Frechas, entre outras, que tem imensas visitas de todo o lado, muitas do estrangeiro, e que não é conhecido por muitos dos nossos conterrâneos.

Naquele meu site, na página http://fotos.afasoft.net/mirandela/frechas.html, que remodelei recentemente, incluí um link para o seu blog, com todo o gosto. Espero que lhe proporcione muitas e boas visitas.

Um abraço,
António Amorim

Xo_oX disse...

Vivam
Estava na disposição de não me prenunciar sobre o assunto, mas diz-se por aí que "quem se sente não é filho de boa gente"...
Não culpo quem fez o sítio da Junta mas parece-me ter havido pelo menos uma atitude muito deselegante. Não havendo (que eu saiba) qualquer ligação oficial entre o Blogue e a Junta, houve contactos electrónicos e um encontro pessoal entre mim e o sr. Presidente. Houve a colaboração possível na divulgação das actividades desenvolvidas pela Junta e a transposição para formato electrónico do "O Pelourinho". Esta transposição consumiu muitas horas de trabalho, repetidas desnecessariamente na elaboração do sítio da junta.
Acho que não tinha custado nada, um SMS, um telefonema ou um email, ou mesmo uma mensagem aqui no Blogue dando conhecimento da colocação on-line do sítio.
Ainda bem que o Tó Zé colocou aqui, bem visível, uma ligação para o sítio da Junta, porque o inverso não se verifica e assalta-me o ideia da possibilidade da se terem esquecido que o Blogue existe.
Vou continuar a colaborar com o Blogue pela grande amizade que me liga ao Tó Zé e à sua família, mas de futuro vou com certeza ser menos prestimoso.
Um abraço
Aníbal Gonçalves

Anónimo disse...

Na minha opinião não interessa quem escreve, mas sim aquilo que se escreve. neste caso trata-se da minha terra e cuja divulgação é sempre bem vinda se vier por amor à camisola, pois o mérito bem sabemos que ele existe nas pessoas que aqui têm dado o seu contributo.
xxx

Anónimo disse...

O mundo, decididamente, não é como a gente quer, e tentar mudá-lo ou mudar a atitude dos outros é das formas mais garantidas de perder tempo.

O que fazer então, cruzar os braços e deixar correr? É o que muita gente pensa, mas há uma alternativa: cada um fazer aquilo que deve, com o maior dos empenhos, sem esperar aplausos, com o único objectivo de servir de exemplo. É que cada um de nós faz parte do todo, e não podemos culpar os outros quando nós próprios não cumprimos a nossa parte.

Obrigado por teres visitado o meu blogue e volta sempre.