sexta-feira, 3 de maio de 2013

Fábrica do Cachão suspensa devido à poluição

A fábrica de extracção de óleo de bagaço de azeitona instalada no Complexo Industrial do Cachão foi obrigada a suspender a actividade. Em causa está a falta de licenciamento industrial e a elevada quantidade de poluentes perigosos emitidos pela SODUOL – Sociedade Duriense de Óleos, Lda.
A decisão de suspender o funcionamento da unidade industrial partiu do Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional (MAOTDR), após a denúncia da situação pelo deputado do PCP Agostinho Lopes, que apresentou um requerimento na Assembleia da República (AR), na sequência de uma notícia veiculada pelo Jornal NORDESTE em Fevereiro do ano passado. O documento exigia informação detalhada sobre as diligências efectuadas pelo Governo, nomeadamente pelo Ministério do Ambiente, para acabar com o drama da poluição na localidade do Cachão, na freguesia de Frechas.
Recorde-se que a população já tinha denunciado este problema através de um abaixo-assinado no início de 2007, que dirigiu ao ministro do Ambiente, governador civil de Bragança e ao presidente da Câmara Municipal de Mirandela. Perante o silêncio das autoridades, os comunistas decidiram levar o assunto à AR.
Depois de analisar a situação, o MAOTDR concluiu que existem grandes probabilidades de estarem a ser emitidos, sem autorização e sem monitorização, 32 poluentes perigosos para a água e para a atmosfera.
O ministério avaliou os impactes potenciais e, tendo em conta que estes poluentes são “neurotóxicos e com um grande potencial cancerígeno, para além de serem biocumuláveis”, ordenou a suspensão da actividade da empresa.

SODUL só poderá reiniciar actividade depois de efectuar melhoramentos ao nível do tratamento dos fumos e vapores

Em comunicado, o MAOTDR faz, ainda, saber que o pedido de licenciamento que deu entrada na Direcção Regional da Economia do Norte foi indeferido no final de 2004. Além disso, a Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica (ASAE) já tinha interpelado aquela entidade para impor medidas cautelares a esta unidade industrial em situação ilegal.
Confrontado com esta situação, o presidente da Câmara Municipal de Mirandela (CMM), José Silvano, esclarece que a autarquia só tem competência para efectuar o licenciamento urbanístico, que se encontrava regularizado desde 1999. “Todas as empresas do Complexo Industrial do Cachão tiveram o licenciamento urbanístico em 1999, por deliberação da Câmara e da Assembleia Municipal”, esclarece o edil.
José Silvano explica, ainda, que este procedimento foi necessário porque o complexo foi criado há mais de 40 anos pelo Camilo Mendonça como um projecto único. “A falência é que levou ao desmembramento das empresas”, acrescenta o autarca.
Após a inspecção do MAOTDR, a CMM foi notificada para suspender a laboração e informar os proprietários da fábrica das obras que são necessárias para retomar a actividade.
Trata-se de intervenções ao nível das caldeiras e dos laboratórios, relacionados com o tratamento dos fumos e dos valores que são expelidos pela unidade de transformação.
Só depois de cumpridos os requisitos e de uma nova inspecção do MAOTDR é que a SODUL poderá reiniciar a actividade.
Por: Teresa Batista
Jornal Nordeste

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

1.º Equipa de futebol de Frechas


Os nomes são: Em pé da esquerda para a direita, Marcolino, João Campos, Zé Padre, Zé Noronha, Sigefredo, Chico Pando e Fernando Pilau Agachados: O primeiro não conheço, o outro é o Zé Pardal, Antonio Noronha, Justiniano, Pereira e Chico Antero. Foto enviada pelo meu amigo António Antonio Augusto Teixeira, um Frechense residente em S.º Paulo, Brasil

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Estrelas do futebol deixam jovens do Cachão encantados

Eduardo Carvalho, guarda-redes da selecção nacional. Pizzi, brigantino dos quadros do Braga, emprestado ao Paços de Ferreira. Paulo Lopes, guarda-redes do Feirense. Marco Ferreira, que já actuou no Porto e no Benfica, André Dias, do Rio Ave, Rui Borges e Rui Lopes, ambos do SC Mirandela, foram apenas algumas das estrelas que apadrinharam a festa de subida de divisão dos juniores do Cachão. (mais aqui)

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Matadouro do Cachão privatizado


Privatização pode avançar já no próximo mês para ultrapassar as dificuldades financeiras que a unidade de abate enfrenta. (mais aqui)

domingo, 14 de março de 2010

Limpar Portugal



Eu estou 100% empenhado em participar no movimento LIMPAR PORTUGAL.
No dia 20 vou participar activamente na limpeza de lixeiras clandestinas.
E TU? VAIS FICAR EM CASA?

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

SITE DA JUNTA DA FREGUESIA

Já era altura para fazerem a respectiva alteração, ou o responsável também foi de ranço???
Obrigado por teres visitado o meu blogue e volta sempre.