sábado, 29 de dezembro de 2007

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Mirandela (gelada)


O frio tem sido tanto que o Rio Tua gelou. Esta tarde, para completar o cenário, começaram a cair algumas amostras de neve que pintaram o gelo de branco. Apesar da beleza, frio é que não faltava. Mesmo assim não resisti a tentação de fotografar o rio, as pontes e a cidade, onde os cinzentos são as cores predominantes.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Cachão vai ter saneamento novo e calcetamento

Ainda pela freguesia de Frechas, mas na aldeia do Cachão, a autarquia vai avançar em breve com a instalação de uma nova rede de água e saneamento, para depois proceder ao calcetamento de toda a aldeia, incluindo tanto o bairro como a parte antiga.
"É a grande lacuna e falha na freguesia, tendo em conta tudo aquilo que envolve: nova rede de água, saneamento e arruamentos. Para ver se uma vez por todas pomos em ordem aquelas áreas que têm sido tremendamente difícil a sua gestão", conta José Silvano, presidente da Câmara.
A autarquia vai gastar cerca de 600 mil euros nos trabalhos, mas não será a única a investir no Cachão. Também a empresa Águas de Trás-os-Montes e Alto Douro já lançou o concurso para a construção de uma Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) que custará 500 mil euros, e ficará instalada no Complexo Agro-industrial do Cachão.
Obras que Jorge Pereira vê com agrado, assim como o finalizar da remodelação da escola do primeiro ciclo do cachão, terminada há dias. "Penso que há realmente boas condições de trabalho e valeu a pena as pessoas esperarem. Naturalmente que essas situações originam alguma insatisfação, mas isso é normal", diz o autarca de Frechas.
Jornal Terra Quente

Frechas vai ficar sem barracos


Os barracos localizados junto à igreja de Frechas, concelho de Mirandela, vão ser demolidos. São cerca de 70 metros quadrado de construções ilegais em zinco, madeira e outros materiais que ao longo dos tempos foram ganhando volume. A Assembleia de Freguesia decidiu que era altura de desaparecerem por completo.
"A Assembleia de Freguesia manifestou-se favoravelmente à proposta apresentada pelo executivo da Junta, como venho chamando à atenção. Do ponto de vista ambiental é um problema grave que ali temos", desabafa Jorge Pereira, presidente da Junta local. O processo passou agora para a Câmara Municipal de Mirandela, e José Silvano explica que a autarquia "vai fazer as respectivas notificações aos proprietários que têm um prazo de 15 para proceder à demolição ou chegar a acordo com a Câmara. Chegando a acordo ou não a Câmara procede à respectiva demolição". Nos barracos não vive ninguém, já que apenas servem para arrumos. E a população vê com bons olhos que desapareçam: "acho que deitar a baixo é melhor do que ficar aquilo ali. É uma vergonha aquilo. Parece mal e dá má vista à igreja e à rua", diz Maria Angelina, uma das moradoras na freguesia. Maria Antónia, apesar de "apenas" trabalhar no lar de Frechas, também é da mesma opinião e acha que "é bom que a Câmara deite abaixo", já que, acrescenta, "fica feio". Segundo Maria Angelina, os barracos já existem há mais de 20 anos, e o local até já serviu de passagem para a igreja. "Por um lado o acesso à igreja, mas por outro é o início daquela urbanização particular que está um trabalho extraordinário", acrescente Jorge Pereira com ar de satisfação por fim à vista que terá agora a construção ilegal.
Jornal Terra Quente


sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Frechas, escondida , no nevoeiro


O dia 13 de Dezembro esteve particularmente frio. O cenário do lado do Cabeço, em direcção ao Cachão e a Frechas, era este.

domingo, 2 de dezembro de 2007

NOTICIAS DE MIRANDELA



O blog de Frechas foi noticia , o meu muito obrigado ao Jornal Noticias de Mirandela, pela sua divulgação.

sábado, 1 de dezembro de 2007

A MINHA RUA



A MINHA RUA
Daqui, onde estou, consigo ver o mundo.
Não o mundo todo! Isso não!!! Seria até ridículo acreditar que sim. Vejo apenas o meu mundo. A MINHA RUA.

A ORIGEM DO NOME II


Um outro significado de Frechas é o de canas frechas ao longo do precurso do rio, aproveitadas na pirotecnia, de que derivou o termo frechas? Um mapa de 1734 apresenta um sitio denominado por terras de Canameiras, um documento antigo refere que aqui se fazia a dança das canas.
In Frechas tradição e modernidade



Obrigado por teres visitado o meu blogue e volta sempre.